Resenha de Minha garota de prata de Raíssa Nantes

 

 

 

 

           O conto Minha garota de Prata de Raíssa Nantes conduz o leitor a experimentar um variado leque de emoções através de cada parágrafo.

           A trama teve como fonte de inspiração a música Bride Over Troubled Water.

           O título da canção, traduzido em português, significa A ponte sobre águas turbulentas.

          Segue o trecho que abre o primeiro dos três tomos desse conto e que também serve de epígrafe: 

 

“Quando o anoitecer for difícil, eu irei confortar você; Ficarei ao teu lado quando a escuridão chegar e a dor estiver ao redor; (...) Se você precisar de um amigo; eu estarei navegando ao seu lado. Sim, como uma ponte sobre as águas turbulentas eu irei me colocar. Como ponte sobre as águas turbulentas, tranqüilizarei a sua mente”- Fragmentos de: Bride Over Troubled Water. 

      A trama se passa em São Paulo, 1975.

     O jovem Lucas aproveitava o dia de domingo para consertar seu carro em sua oficina mecânica.    

        Naturalmente, o estabelecimento estaria fechado, mas era um dia quente de verão e ele deixara o galpão aberto. Não contava que fosse chegar clientes- é claro!

     Elvis Presley era, naquela época, o rei do rock. No rádio tocava Bride Over Troubled Water- um dos imortais sucessos de Presley. A música- coincidência ou artimanha do destino? -  soava como um prenúncio daquele relacionamento que não passava de tão bonitas quanto improváveis promessas de eternidade.

      Na letra da canção, Elvis falava sobre a garota de prata por quem era apaixonado. Romântico, Lucas comparou o sorriso brilhante e os olhos de Silvia- a dona do Opala azul com problemas mecânicos- à musa de um rei.

     E, assim como o jovem da canção prometera à amada, também Lucas- apaixonado irremediavelmente por Silvia-não demoraria  prometer à ela ser para sempre a sua ponte sobre águas turbulentas.

        Contado em flasback, o conto Minha garota de Prata de Raíssa Nantes revela a apaixonante história do amor de Lucas e Silvia ao longo décadas de encontros e reencontros de muito amor e superação.

       A leitura é fluída, vocabulário culto sem ser rebuscado.

 As referencias à decada de 70 – tanto em relação à  indumentária e até mesmo quanto aos comportamentos típicos  da época- são mencionados de forma breve porém eficiente, ajudando a compor uma ambientação e estabelecer muito bem os  perfis , tanto físicos quanto psicológicos, dos personagens Lucas e Sílvia.

        Deixo para quem não teve a oportunidade de conhecer o Rei do Rock, um link especial:    Elvis Presley canta, ao vivo numa gravação da época, Bride Over Troubled Water.

Sugiro deixar a melodia tocando enquanto lê o conto... É mágico. Emocionante.

    Link:  https://www.youtube.com/watch?v=9zzqPhF7fAk

 

        Um conto apaixonado e apaixonante.

 

        Conheça mais sobre a autora:

R A Í S S A  N A N T E S, resendense, 28 anos. É blogueira literária no blog Livros Românticos, apaixonada por livros, gatos e heavy metal, ama por no papel as fantasias que tem na cabeça. Rascunha romances desde os 16 anos, mas só em 2014 se aventurou a mostrar seus escritos ao mundo utilizando a plataforma Wattpad para publicar Se Eu Fosse Cinderela, dentre outras histórias e contos. Hoje a autora não publica mais pela plataforma.

 

        Onde você adquire o conto Minha garota de Prata de Raíssa Nantes em e-book:

https://www.amazon.com.br/dp/B079DHXL9Q/ref=cm_sw_r_cp_ep_dp_t10BAbY0M3B5Y

 

                       Michelle Louise Paranhos- Critica Literária.

 

 

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!