O Rei Renegado de Alan Victor.

       

       O Livro O Rei Renegado de Alan Victor, embora seja uma trama com 313 páginas, mais comum em romances, se desenvolve em torno de uma única trama e um único cenário – o jogo de videogame Imagin World.

       Logo no início conhecemos Lúcio Nascimento, um jovem de 16 anos que repetiu o primeiro ano na escola e teme ser jubilado.

       Como castigo, ele ficou todo o verão proibido de mexer no jogo que seu irmão Lucas criou- O Imagin World- sendo que foi ele, Lúcio, quem fez os principais desenhos.

 

“— Quanto tempo faz desde que o rei destronado foi visto? – alguns cachos caem em seu rosto negro. Cláudio respondeu: — Algo como três meses... — O que será que aconteceu com o cara? Será que se formou e teve que viver sua vida adulta? – perguntou Flávio batendo os dentes por causa do aparelho”.

    A trama, com seu vocabulário coloquial, com mais diálogo que narração e expressões comuns para jogadores de game, abordam questões pertinentes a esse universo teen tais como : namoros frustrados, inveja entre os pares, problemas com a afirmação de identidade e com os pais; Definindo a novela O Rei Renegado como Young adult. Observe o trecho:

“Ela interrompe os seus pensamentos e pergunta-lhe: — Você desenha? – reparando na carteira rabiscada em que ele está sentado. — Sim. Nas horas livres. – responde Lúcio sem erguer a cabeça. — Esse rascunho seu é no mesmo estilo de "Imagin World". Você joga em qual Server? – perguntou Camila animada. — Eu estou no quarto servidor. E na verdade as imagens do jogo são projetos meus! – os olhos brilhando e a voz mais alegre. — Como assim? Você ta me zoando né? – arregalou os olhos cor de mel, agora interessada nele. — O Lucas escaneou o meu mangá e copiou alguns personagens para o jogo que ele estava desenvolvendo com seus amigos alguns anos atrás. – olha para a esquerda ao dizer”.

           Ainda que tenha como base o ano de 2060 o autor não entrou em detalhes em como seria esse mundo em 2060 e muito do que é colocado no enredo é atemporal e  de fácil compreensão para o adolescente de hoje:

No início eu usava esse jogo online como uma válvula de escape para me livrar do estresse e das frustrações resultantes da alta cobrança que é estudar na melhor e mais difícil rede de ensino gratuita federal, o colégio ETEF. A pressão me deixava tenso e sem perceber, fui passando a ficar cada vez mais tempo dentro do jogo, até que minha vida se tornou a isso. Eu fui me afundando cada vez mais, perdendo o jeito de interagir com as pessoas, ficando mais recluso e antisocial do que já era. Paguei o preço por isso, ficando de castigo por três meses afastado de qualquer tecnologia. Estudando quando todos os outros passeavam, relaxavam e se divertiam. O início do ano letivo seguinte era a única coisa que eu ansiava e finalmente chegou o primeiro dia de aula. Se eu não me esforçar desta vez, serei jubilado da instituição e deixarei meus pais e meu irmão, que é um dos melhores alunos do terceiro ano envergonhados”.

            A Tritnity, que vem a ser a principal oponente do Dark Jounin é a paixão secreta de Lúcio,  cujo nome real é Camila Souza, só tem olhos para o Fernando, um badboy também aluno da escola.

           O livro discute um assunto interessante e bastante atual : o vício tecnológico. Mesmo os adultos, como o diretor da escola, jogam o Imagin World e não chamam a atenção para os adolescentes do vício. É interessante o uso de Avatar, porque no jogo, ao contrário da vida real, o Avatar de Lúcio é o mais poderoso, o Dark Jounin, mas que perde seu poderio quando o seu jogador fica três meses fora da internet. Ele perde o poder e mais que isso, Lúcio sente-se perdendo a própria motivação.

         Segundo o autor, o livro foi escrito em 2015 e nessa última versão “o livro ganhou muita ação e cenas emocionantes. Eu me empolguei aos poucos e fui reescrevendo-o com o coração, me dedicando de mente e alma ao projeto. Exprimindo ao máximo meus sentimentos e narrando cada luta com o máximo da minha paixão por ação. O rei Renegado passou a abordar um pouco da vida de vários personagens e ficou até com um estilo similar ao meu melhor título, Zona do tempo. Quando finalizei as alterações, O rei renegado passou de meu pior livro para meu segundo melhor. Foi duro e complicado realizar esse processo. Foi um trabalho longo e cansativo, mas valeu muito a pena!

         Um livro para ler e se divertir com os vários mundos de Imagin World. Boa leitura!

                                                     Michelle Louise Paranhos - Critica literária.

Conheça o autor Alan Victor

    Eu nasci e fui criado em Salvador, Bahia. Tenho 26 anos e estou solteiro. Sou fã de vídeo games e jogos eletrônicos e não dispenso uma boa história de ficção. Monto os meus roteiros para ficarem parecidos com mangás, no estilo geral. Sou escritor e ilustrador e amo produzir arte criativa. A maior inspiração para esse livro foi o filme Ordinal Scale do anime Sword Art Online. Minhas obras são profundamente bem escritas e ricas em detalhes para facilitar o entendimento"

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!