Resenhista e Analista Critico

Resenhista e Analista crítico

Olá, amigos!

Vamos conversar sobre resenha e análise critica?

Uma das muitas preocupações que rondam a mente de todo autor é quando e como obterá uma crítica do seu livro.

Seja para apenas servir para melhorar sua escrita, ou até mesmo por valorização de sua obra literária... Tanto faz. Qualquer que seja a razão dessa necessidade de conhecer a opinião de um leitor sobre sua obra- conhecido também como feedback- é um motivo válido.

Mas... Existem opiniões e Resenhas Críticas.

Qual a diferença?

Aí é que está. Muitos leitores e mesmo autores desconhecem o valor de uma boa resenha.

Qualquer leitor, em tese, poderá fazer uma resenha de um livro. Geralmente, porém, são autores que executam esse trabalho, por estarem mais familiarizados com colegas de profissão, estilos narrativos e diversos gêneros literários, fonte de estudo para obras de sua própria autoria.

Existem resenhistas que acreditam que para uma resenha é necessário somente fazer um resumo mais detalhado do livro – isto jamais se configura numa resenha!

No máximo, esse resumo poderia constituir numa sinopse do livro e se este resumo contiver detalhes importantes da história, como a resolução dos conflitos existentes (casamento, separação, morte, traição), os futuros leitores perderão o suspense ao ler a trama e irão se perguntar:

“-Afinal, se eu já sei o que irá acontecer neste livro porque irei comprá-lo para ler?”

A Resenha deverá, obrigatoriamente, incluir um resumo da trama, desde que não forneça os Spoilers-  que é quando o analista menciona a resolução de conflitos, como detalhei acima.

A resenha destaca-se de um simples resumo por conter, ao final da mesma, uma opinião critica sobre a obra lida.

“Ah”! Entendi-pensa o autor/resenhista- ‘Basta então eu dizer que gostei.Correto?

Não.

O crítico literário precisa fundamentar o seu julgamento- seja ele positivo ou negativo-e apontar para o leitor os pontos positivos e negativos da trama.

E o que então deverá ser levado em consideração para esta opinião crítica?

Existem alguns pontos-chave. Em outras postagens irei detalhar cada um deles, com exceção do Foco narrativo e do  P.V, que irei destacar neste artigo:

-Adequação do título e capa, sinopse e textos de orelha, se houver.

-Diagramação e Revisão (se o livro tiver sido publicado).

-Mencionar número de páginas e editora.

-Gênero literário da obra.

-Coesão e coerência.

-Foco narrativo: o autor não pode mudar a voz narrativa. Se for em 1°  pessoa,ou em 3°pessoa (seja o narrador onisciente ou não),deverá permanecer assim até ao final do livro.

Existem exceções, mas isso deverá ficar claro ao leitor, que perceberá essa mudança de foco e o porquê da escolha do autor se aplicar corretamente na trama em questão.

-Ponto de vista: O Ponto de vista-P. V.- interfere diretamente na observação e interpretação de um personagem em determinada cena, e a não observação desse item irá resultar em falhas de coerência.

Exemplo:

Imagine uma cena de terror/suspense.

Contexto:

Um assaltante entra no quarto em busca de uma criança, que se esconde embaixo de sua cama.

A criança só poderá ver aquilo que observar do local de seu esconderijo, como os sapatos, ou talvez a calça do seu perseguidor, ou se ele manca ou possui uma cicatriz na perna, caso estejam descobertas (usando shorts, por exemplo).

Porém, se o autor mencionar que a criança observou o rosto do assaltante ou a cor de seus olhos, ele poderá incorrer em quebra de coerência: dificilmente a visão do rosto do assaltante poderia ser permitida naquele momento, daquela posição pelo observador- no caso em questão, a criança.

Cuidado com os detalhes.

Como gosto de citar um autor e imortal da nossa literatura:

“O diabo mora nos detalhes”-Paulo Coelho.

-Proposição definida:

O livro pode ser resumido numa proposição única?O autor formulou uma hipótese e estabeleceu argumentos válidos para justificá-la?Ótimo!

Caso contrário... Terá problemas.

Todo enredo traz em si mesmo, uma mensagem para o leitor.

A mensagem, entretanto, poderá estar mais ou menos explícita.

Os textos que possuem mensagens que claramente podem ser percebidas pelo leitor são os contos de fada e as fábulas.

Nos contos de fada as mensagens podem ser facilmente compreendidas, mas nas fábulas a mensagem do texto é claramente definida pelo autor que, ao final do enredo, coloca a expressão: moral da história.

Para ilustrar, uma fábula muito conhecida de Esopo,numa adaptação livre:

“A raposa queria alcançar as uvas no alto de uma parreira, mas embora saltasse para alcançá-las, não conseguiu, e se frustrou. Mas não se deu por vencida! Começou a dar de ombros e dizer a todos, que não se importava com as uvas, porque estavam verdes.

Moral da história: Quem desdenha quer comprar”

 Outros livros não possuem uma mensagem tão bem definida pelo autor, que pode até mesmo ser subliminar. Ainda que o objetivo da trama seja apenas proporcionar entretenimento, sempre haverá uma tomada de posição por parte do autor. E ao  resenhista cabe avaliar se o autor da obra foi capaz de justificar sua opinião,seja ela qual for.

-Opinião:

Por último ponto chave desta lista: a opinião do critico literário.

Essa opinião irá muito além de mencionar apenas se gostou ou não do livro.

O Analista poderá escolher alguns trechos do livro,a seu critério e usar para fundamentar uma critica,podendo escrever ou não o trecho com suas próprias palavras: isso varia entre cada critico.

O Analista não deverá criar marcas negativas no autor.

É uma opinião pessoal, e deve ser avaliada apena como isso, porque é exatamente isso que ela é: uma opinião, não uma verdade absoluta.

Cabe ao autor obervar a validade das criticas recebidas e decidir entre desconsiderá-las ou ao contrário, observar cada ponto analisado e definir se irá modificar algo posteriormente em sua obra, numa possível nova edição.

Muitas vezes, um detalhe alterado pode fazer a diferença num bom livro.

E para finalizar, um analista crítico jamais poderá interferir no estilo do autor, e deve avaliar a obra com a máxima isenção de gostos pessoais, abstendo-se de criticar o tema escolhido pelo autor.

Espero que tenham gostado das dicas.

Deixe seus comentários que responderei a todos !

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!