Resenha de Inverno de Raquel Rasinhas

 Vamos conhecer Inverno de Raquel Rasinhas?

 

 

Inverno- Primeiro Livro Saga Estações

Autora : Raquel Rasinhas

Editora : Fragmentos

Número de páginas:374

&&&

Amber Rice mora em Alberta- cidade localizada na fronteira do EUA e Canadá.

Agora, aos 21 anos, mora com sua prima e tutora, Elisa, de 29 anos no inicio da trama.

A protagonista sofreu uma trágica perda quando tinha apenas 11 anos de idade: os pais sofreram um acidente de carro e os dois morreram. Ela foi entregue para seu tio (pai de Elisa), mas por motivos que ficaram um tanto obscuros inicialmente, a menina foi viver em lares adotivos e, muito embora fosse de boa índole, era misteriosamente devolvida.

Até que ao finalmente completar 18 anos, a jovem Amber foi morar com sua prima, que era independente, morava sozinha e trabalhava com desenvoltura no mundo corporativo.

Por ter estudado em casa quase todo o tempo, Amber não tinha uma vida social intensa e estava ainda às voltas com a busca de emprego.

As primas cuidavam-se com imenso carinho e eram quase como irmãs. Tanto que Elisa permitiu que a jovem adotasse um filhote de lobo abandonado, que recebeu o nome de Dimitri, e foi criado por Amber com total acesso a casa e tornou-se um fiel guardião dela, mesmo quando cresceu e passou a viver no bosque.

Um dia Amber escuta um estranho barulho vindo da floresta e abre a porta ao ouvir um pedido de socorro, deparando-se com um homem, vestido com uma pele de animal e dizendo-se perdido. Ela então se compadece do estranho e lhe dá acolhida, embora naturalmente tenha sentido medo da situação, especialmente por estar sozinha em casa com aquele estranho... Aos poucos, porém, ela relaxa e é quando o estranho finalmente revela a sua identidade: o nome dele é Cloud, que se mostra imensamente agradecido.

Quando Amber encontra um emprego no Café, conhece lá seu novo chefe Nathan, e os futuros amigos Jorge e Miranda.

Eis que então Amber reconhece um dos clientes como o homem que estivera em sua casa, e ele está acompanhado de uma mulher.

Estranhamente, Amber é tomada de ciúme e um mal estar surge entre Cloud e ela.

O magnetismo entre eles se intensifica principalmente quando Cloud e seus irmãos, Pedro e Jael Castel ,ocupam a outra casa do quarteirão, que estava vazia- e onde Amber e Elisa moravam sozinhas até então.

Em pouco tempo também Elisa parece cair de paixão por Jael e assim como Amber por C0,loud e elas não conseguem manter-se longe dos irmãos.

Há muito tensão sexual e amor entre os casais recém-formados, mas o idílio romântico não demora muito a sofrer um forte abalo. Jael é descoberto traindo Elisa assim como Amber sofre com a terrível constatação de que Cloud também é um traidor... Na verdade a jovem que estava ao lado dele no Café era sua futura noiva, Bianca Ramal. Os três, portanto, estão com casamento em vista, porque Pedro já era noivo de Margaret Tent.

Em paralelo a essa situação, existe uma grande mistério envolvendo Amber.

A jovem possui olhos castanhos tão claros como se fossem de ouro. Mas isso não é tudo. Algumas pessoas estão atrás dela, que não se escondera numa casa tão distante à toa. E nesse momento, Amber decide ir morar com seu tio e pai de Elisa, e Elisa irá morar com eles em seguida.

 O motivo pelo qual eles a perseguem não fica muito claro num primeiro momento, mas a autora deixa que o leitor subentenda que existe alguma relação com um estranho poder de autocura de Amber e a capacidade da protagonista em não sentir frio.

Para evitar as pessoas que a perseguem Amber resolver mudar-se e ir morar com seu tio e logo Elisa irá juntar-se a eles.

Numa encontro de despedida, Amber decide visitar Cloud que mal a jovem chega precisa ausentar-se, deixando-a sozinha na casa. Ela observa um quadro na parede, representando um jovem assustado e um imenso Lobo negro.

Ao chegar à casa do tio, estranhamente ela vê o mesmo quadro, agora pendurado na parede onde irá morar.

 O lobo negro parece estranhamente familiar, porque sonha com um lobo frequentemente, quando corre pela neve e com ele conversa.

Os mistérios intensificam-se quando o tio informa que Amber será a promotora de eventos naquela casa, e um dos primeiros eventos é justamente a oficialização do noivado de Cloud e Bianca. Mas algo muito importante irá interferir nos planos de noivado, aproximando ainda mais Cloud e Amber.

A relação entre os irmãos Castel e a família Rice Lobanil Sylvanus era mais que estritamente comercial; porém, esse mistério só será desvendado ao longo das 374 páginas desse romance sobrenatural, que aborda magia, mistérios, mitos e muita paixão e romance.

Porque Amber tem sonhos lúcidos envolvendo alcatéias e dentre os lobos, se destaca o lobo negro, com o qual conversa?

Raquel Rasinhas inspirou-se na magia dos livros de Anne Rice-autora de Entrevista com o Vampiro dentre outros livros de sucesso, para abordar lendas européias e elementos do folclore mundialmente conhecidos  e contar para o leitor um enredo repleto de erotismo, suspense e terror.

Tanto que o nome Amber- além de ser referência à cor dos olhos da Lobanil Amber, também inicia com a letra de Anne, assim como Rice é o sobrenome idealizado para a protagonista, numa justa homenagem.

Todos os nomes do livro possuem alguma referência, tais como Amber ou ainda Cloud. Cloud é um nome de origem francesa e significa lider.

Outro detalhe é o sobrenomem Sylvanus que é derivado de Silva, o mesmo que selva. E Lobanil é derivação de Lobo.

Aos poucos a trama delineia-se aos olhos do leitor e aqui ele se depara não com a descoberta de qual é o mistério exatamente, mas como ele se descortinará para a protagonista e de que forma a resolução dele repercurtirá na família.

Além disso, o livro é narrado em primeira pessoa, mas ainda assim a narradora-personagem Amber quebra a Quarta Parede, conversando diretamente com o leitor, como no exemplo abaixo.

Meu sangue gelou na hora. O que eu deveria fazer? Estava sozinha em casa, mas tinha alguém pedindo socorro em minha porta” (Pg 10).

A personagem nesse momento parece responder diretamente a uma pergunta formulada pelo leitor.

Em Inverno, as cenas de sexo e erotismo são contextualizadas e descritas sem usar para isso de um vocabulário apelativo. Há mais que sexo na trama: há um encontro romântico de muito amor entre Cloud e Amber.

A recriação da lenda européia que também é descrita no livro é muito interessante, especialmente ao ver como a autora utilizou-a no enredo.

A diagramação é bonita, cheia de efeitos e a jovem da capa ilustrando Amber é linda.

Inverno de Raquel Rasinhas é o inicio de uma saga familiar intensamente sedutora: a Saga Estações.

Inverno é uma perfeita história para aquecer os corações!

Michelle Louise Paranhos- critica Literária.

Resenha escrita  especialmente para o evento Em Pauta : Café Literatura 2

 

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!